~ 2min

Vibra oportuniza empregos à venezuelanos refugiados no Paraná

Vibra oportuniza empregos à venezuelanos refugiados no Paraná

A Vibra oportuniza a recolocação profissional de estrangeiros de diversas nacionalidades que estão em busca de um recomeço em suas vidas. No segundo semestre de 2021, em parceria com a Operação Acolhida, do Governo Federal, e com a Organização Humanitária Refúgio 343, recebeu 86 funcionários venezuelanos, nas unidades de Pato Branco e Itapejara D’Oeste (PR).

O Coordenador de RH de Pato Branco (PR), Jonas Theisen, relata que, mesmo que ambas as unidades já tenham o histórico de empregar funcionários estrangeiros, é preciso adaptar alguns processos, no início, para dar tranquilidade a quem está chegando. “São pessoas muito dedicadas ao trabalho e com uma trajetória de lutas e dificuldades. É perceptível a vontade em aprender e recomeçar a vida no Brasil”, destaca.

A valorização das pessoas é um dos compromissos prioritários assumidos pela empresa. Com iniciativas que promovem a inclusão e desenvolvimento social de imigrantes, a Vibra oportuniza acesso ao emprego a estrangeiros de 11 nacionalidades.

A especialista em RH da unidade de Pato Branco (PR), Taciana Pezarico, comenta sobre a iniciativa da contratação “A inclusão e a diversidade com a contratação de refugiados venezuelanos promove valores positivos de cidadania, empatia e socialização. Além disso, os conhecimentos e experiências profissionais que eles trazem de seu país agregam valor à empresa”.

Para receber a turma de venezuelanos, a Vibra realizou uma sensibilização interna junto aos gestores e funcionários com treinamentos e conversas sobre a preparação para a recepção e integração dos imigrantes. Além disso, a empresa oferece uma comunicação voltada aos estrangeiros em seus idiomas nativos.